DOMÍNIOS GRÁTIS! Pegue seu nome de domínio grátis!! Leia na sua cabeça com a voz de um camelô abanando seus produtos no ar.

Mas antes de correr na direção deste camelô metafórico, é bom esclarecer algumas coisas:

  • 🚧Os domínios grátis são mais arriscados do que os pagos?
  • 👍Você pode conseguir qualquer domínio de graça?
  • É de graça para sempre ou há limites de tempo?
  • 🔮Há algum custo escondido nestas ofertas de domínio grátis?

No entanto, para entender perfeitamente suas opções quando o assunto é nomes de domínio grátis, primeiro é importante responder uma pergunta ainda mais básica:

Porque os Domínios Sequer Custam Dinheiro?

Falando sério: se criar uma página de Facebook é grátis e se ter seu próprio feed de Instagram não custa nada – porque deveria ser diferente com um endereço web? Não é como se houvesse trabalho de verdade envolvido na criação ou manutenção de um trechinho de símbolos…

Bem, na verdade tem sim.

Dizer que um nome de domínio é só um punhado de letras e números é como dizer que dinheiro é só um pedaço de papel colorido – embora seja tecnicamente verdade, esta definição não leva em consideração a complexa “maquinaria” por trás dos panos que dá valor aos domínios.

Para entender como isso funciona, vamos voltar ao básico por um instante e lembrar que um nome de domínio é um identificador único de certo site. Esse site é essencialmente um monte de arquivos armazenados em um computador especializado chamado servidor web.

A parte importante é essa:

servidores web também têm identificadores únicos, mas eles não são feitos de palavras – ao invés disso, cada servidor na Internet tem um endereço numérico chamado IP, por exemplo 127.104.39.119. Como você pode ver, os endereços IP não são muito amigáveis. :)

Então, para que um site seja acessível não apenas pelo IP de seu servidor hospedeiro, mas também por uma frase significativa e fácil de reconhecer (como www.site.br), tem que haver um registro que associe os feios endereços numéricos IP com os bonitos nomes textuais de domínio. ,

Este registro global distribuído é chamado Sistema de Nomes de Domínios (da sigla em inglês, DNS). Em português claro, ele é um monte de bases de dados mantidas por empresas acreditadas que são chamadas de registradoras de nomes de domínios.

Ainda está acompanhando? Ótimo! Estamos quase terminando esta parte de informações básicas. Na verdade, já podemos ver o motivo pelo qual os nomes de domínio custam dinheiro:

manter uma enorme base de dados de mapeamentos IP-domínios e garantir que todos os domínios ativos estejam sempre acessíveis para os visitantes de sites requere muitos recursos –

– hardware, eletricidade (muita eletricidade), pessoas capacitadas (por exemplo, especialistas em administração de rede), etc. Para se tornar uma registradora de domínios pra uma zona de domínio específica, como .com, uma empresa também precisa atender a todas as exigências (muitas exigências) estabelecidas pela autoridade máxima daquela zona.

Como se isso não fosse o suficiente, a registradora também precisa pagar uma taxa anual de US$ 4.000 (R$ 14,000+) à ICANN, a organização sem fins lucrativos responsável por supervisionar todo o sistema de domínios da Internet.

Para resumir, as organizações que te deixam registrar um nome de domínio precisam manter uma infraestrutura cara, contratar profissionais capacitados, pagar taxas regulares e atender a um monte de critérios adicionais. Para continuarem existindo como empresas, elas cobram dinheiro por seu serviço: oferecer ao seu site um identificador na Web que seja fácil de lembrar e entender (= nome do domínio).

O Facebook e o Instagram podem se dar ao luxo de te deixar criar uma página ou feed de graça porque te mostram anúncios e vendem suas informações pessoais para terceiros. As registradoras de domínios não fazem nada disso, e é por isso que domínios quase sempre custam dinheiro.

Mas às vezes…

Você ainda pode conseguir um nome de domínio completamente sem custos, se souber onde procurar. E o primeiro lugar que vamos considerar neste guia tem o alegre nome de:

Domínios “Tropicais”

Sim, você adivinhou: estas são zonas de domínio de pequenos países exóticos ou mesmo partes semi-independentes de outros países – às vezes apenas algumas ilhazinhas no oceano.

As extensões de domínio não soam tão significativas quanto .br ou .net ou .online – mas ei, você pode registrar um de graça! Até onde sabemos, esta é a lista completa atualizada:

Domínio Território ou país correspondente
.tk Tokelau, três ilhas de coral no Oceano Pacífico com uma capital que roda entre as ilhas a cada ano. Território sob administração da Nova Zelândia.
.ml Mali, um país sem saída para o mar no noroeste da África com uma taxa de 10% de uso de Internet entre toda a sua população de 20 milhões de pessoas.
.ga Gabão, uma pequena nação na costa oeste da África que recentemente sofreu um golpe militar contra seu presidente.
.cf República Centro-Africana, um país onde 4% dos habitantes tem acesso regular à internet. Obviamente localizado exatamente no centro do continente africano.
.gq Guiné Equatorial, um pequeno país africano com um governo totalitário que acumula todos os lucros de suas ricas reservas de petróleo.

Das curtas descrições na tabela acima é fácil perceber um tema em comum: domínios grátis parecem estar associados a países com uma demanda interna extremamente baixa (ou inexistente) por nomes de domínios locais.

Isso pode acontecer por vários motivos – por exemplo, devido a condições econômicas e políticas, ou simplesmente porque o lugar é tão minúsculo que ninguém está realmente interessado em comprar nomes de domínios (Tokelau, por exemplo, tem uma população total de 1.500 pessoas).

Agora vem a reviravolta!

Na verdade, todas as cinco zonas de domínio grátis listadas acima são o resultado dos esforços de uma única empresa: a OpenTLD com base em Amsterdam, operando sob a marca Freenom.

Ela fez uma parceria diretamente com cada um dos governos para oferecer seus nomes de domínio de graça para qualquer um – incluindo a população local, que se beneficia do desenvolvimento das atividades online do país. Todos saem ganhando!

Em todo caso, a parte importante é que você pode registrar qualquer um deles de graça, sem compromissos:

Obtenha um domínio grátis no Freenom ›

Será que domínios como .ml ou .ga serão um dia associados especificamente a seus países de origem, como .fr para a França ou .mx para o México? Provavelmente. Mas esse dia pode não chegar por muitas décadas, pelo menos não antes destes países alcançarem o resto do mundo em termos de desenvolvimento econômico.

No momento, nenhuma das cinco extensões de domínio listadas na nossa tabela é pensada como africana. A menos que você seja um cidadão do país correspondente – o que, estatisticamente, você provavelmente não é.

Antes de mover seu site para um domínio “tropical”, há diversos prós e contras que você deve considerar:

  • Se você tem certeza absoluta de que não quer desembolsar nem mesmo uma moeda por um nome de domínio, este é o caminho certo. Nenhuma taxa de inscrição, nenhuma taxa de prolongamento, uma bênção econômica em estado puro.
  • Atualmente, nenhum destes nomes de domínio é associado à África (ou ao Pacífico) e quase ninguém saberá dizer a qual país uma extensão em particular pertence tecnicamente. Exceto, possivelmente, algumas milhões de pessoas que de fato moram nestes países.
  • A registradora reserva o direito de desabilitar qualquer nome de domínio em particular, a qualquer momento, se suspeitar de abuso (por exemplo, conteúdo ilegal). Alguns donos de domínio já relataram terem sido desligados sem aviso prévio (apesar de não haver como verificar estas alegações).
  • Sua escolha é limitada às cinco extensões de domínio listadas na tabela acima. Para a maioria das pessoas, elas parecerão letras aleatórias, o que fará com que sejam mais difíceis de lembrar.
  • Algumas das extensões grátis, como .tk, já são bem associadas na opinião públicas com sites de baixo orçamento ou até projetos fraudulentos, como fazendas de links.
  • Nomes de domínio curtos (3-4 símbolos), assim como domínios que consistem de palavras populares, são classificados como “especiais” pelo Freenom e, portanto, custam dinheiro. E não apenas os meros US$ 10 que você pagaria por um domínio .com normal – o endereço blog.cf, por exemplo, te custará US$ 1.000! Aliás, é assim que o Freenom consegue oferecer todos os outros de graça. :)

Tudo bem, mas e se você não estiver planejando abrir um fã clube para uma certa diva pop (sim, ladyga.ga ainda está disponível!) ou apenas quiser algo mais convencional, como um domínio .org? Neste caso, há uma segunda opção que você talvez queira considerar.

Domínios Grátis que Vêm com Hospedagem

Eu sei o que você vai falar – se algo está “incluído de graça” em uma compra, isso apenas significa que o preço total foi ajustado para cima. Em outras palavras, você ainda está pagando pela parte “grátis”, mas agora o custo está escondido de você porque foi agregado a outro produto ou serviço.

Esta linha de raciocínio não está errada por si só, mas no caso de hospedagem esse não é o quadro completo.

Sabe, o mercado para serviços de hospedagem é muito competitivo – há tantas empresas oferecendo essencialmente a mesma coisa que o jeito é ser criativo (ou agressivo, ou ambos) para se destacar e ganhar novos clientes.

Vamos tentar ver esta situação do ponto de vista de uma empresa de hospedagem: um novo cliente te gera uma renda recorrente pelo tempo em que mantiver o site dele vivo. Isso significa que você está disposto a gastar uma soma fixa de dinheiro para obter tal cliente, uma vez que esta soma será compensada pela renda futura dos pagamentos regulares da hospedagem. É aqui que você tem duas opções distintas:

  • Você pode gastar tudo em publicidade e apostar nas estatísticas (quanto mais visitantes você tem, maior a probabilidade de alguns deles se converterem em clientes pagantes, mesmo que a taxa de conversão provavelmente seja bem baixa).
  • Ou você pode gastar um pouco do orçamento tornando sua oferta mais exclusiva ou mais atraente, aumentando assim a taxa de conversão. Dessa maneira você precisará de menos visitantes para atingir a mesma renda.

Uma maneira garantida de aumentar a atratividade do seu produto é oferecendo mais valor pelo mesmo preço. Por exemplo, dando algumas coisas de graça. Como nomes de domínio!

Resumindo,

faz sentido para uma empresa de hospedagem oferecer um domínio grátis porque ela está apenas realocando parte do seu orçamento de marketing já existente.

Que a empresa já ia gastar de qualquer maneira, então ela não precisa te cobrar a mais ou adicionar taxas escondidas.

É por isso também que as ofertas de “hospedagem + domínio grátis” fazem sentido para o dono do site: você vai precisar de uma hospedagem para o seu site de qualquer maneira, então porque não escolher o provedor que usa seu orçamento de marketing de forma mais eficiente?

Um dos maiores provedores de hospedagem web utilizando essa tática é o Hostinger, que também é famoso por sua dedicação em oferecer os menores preços possíveis para seus pacotes de hospedagem.

E você também não precisa se contentar com extensões engraçadas de domínios regionais – a oferta inclui zonas populares como .br, .com, .net, e .online, para mencionar apenas algumas.

Obtenha um domínio grátis no Hostinger ›

Se você seguir o botão acima e escolher os planos de hospedagem Premium ou Business, você também poderá registrar um novo nome de domínio de graça, desde que sua escolha de período de cobrança seja de no mínimo um ano:

Aliás, como comprovação do que explicamos antes, o preço do seu pedido permanece o mesmo independentemente de você usar o domínio grátis ou não.

Mais uma coisinha – se você está procurando uma oferta ainda melhor no Hostinger, veja nosso guia sobre como conseguir mais 15% de desconto usando nosso código promocional exclusivo.

Antes de encerrarmos, vamos resumir os prós e contras de escolher nomes de domínio grátis que vêm em um pacote com a hospedagem:

  • Você não vai pagar a mais porque a provedora de hospedagem apenas realoca uma parte de seu orçamento de marketing já existente para deixar sua oferta mais atraente e assim se destacar da competição.
  • Tais ofertas geralmente te permitem escolher dentre uma variedade mais ampla de extensões de domínio mais populares, como .com
  • Você não fica limitado a uma única provedora (como o Freenom na primeira opção que discutimos antes) – muitas provedoras de hospedagem web maiores fazem este tipo de promoção em algum momento.
  • Como estas extensões de domínio não são naturalmente grátis, na maioria dos casos você ainda terá que pagar para prolongar sua conta depois que o período inicial grátis acabar.

Qual Opção de Domínio Grátis Você Deve Escolher?

Em contraste com a maioria das escolhas que um dono de site enfrenta, esta é relativamente direta – cada uma das duas opções que discutimos neste guia implica um cenário claro de utilização.

Para ver direitinho porque, vamos comparar os domínios “tropicais” com o pacote domínio-hospedagem lado a lado:

Domínios “tropicais” (Freenom) Ofertas ‘domínio grátis + hospedagem’
5 extensões específicas Todas as extensões populares
Grátis para sempre Grátis para registrar
Pode ser revogado pela registradora Quase nunca revogado
Pode ser adquirido separadamente Só vem com a hospedagem
Apenas no Freenom Pode-se escolher entre provedoras

Uma coisa é clara – os domínios “tropicais” grátis para sempre vêm com menos obrigações financeiras (na verdade, nenhuma), mas têm riscos significantemente mais altos. Se o Freenom decidir, por qualquer motivo, que seu site viola suas regras, seu domínio será fechado imediatamente, às vezes sem aviso. Se ele falir ou fechar, mesmo resultado.

Na outra opção, você tem domínios com aparência mais profissional e que são essencialmente sem risco, mas você ainda terá que pagar alguma coisa pela hospedagem. Prolongar estes domínios também te custará algum dinheiro.

Conclusão?

Escolha os domínios “tropicais” caso seu projeto online não seja tão sério, como aquele site da família que você está ajudando sua tia a montar – ou se é apenas sua primeira tentativa de fazer coisas na web.

Em todos os outros casos, registre um domínio com uma extensão de domínio conhecida como .br, .com e .online ao abrir sua conta de hospedagem. Você vai precisar dela de qualquer maneira para hospedar seu site, então porque não extrair o maior valor possível da compra?

***

Ainda está em dúvida? Você é mais que bem vindo a fazer perguntas e compartilhar suas experiências com nomes de domínio grátis na seção de comentários abaixo – vamos conversar!

Deixe uma resposta para Marcelli Mendonça Magalhães Cancelar resposta

2 comments

Domínios FREENOM não funcionam mais.
Você registra o domínio, insere seu DNS, mas ele não redireciona, mesmo depois dos 72 horas de prazo de propagação. Tudo enganação !

Marcelli Mendonça Magalhães

O que seria hospedagem? acho os planos que vem com domínio grátis, muito caro, de acordo com as coisas que vem incluso no s planos, criei um site gratuito para minha loja pelo wix, o que você me indica (pagar o pacote do próprio site, ou hospedar em outro site? Pensei no freenom, pq minha loja é só para as clientes verem as peças, mas to pensando no futuro, caso eu expanda para o brasil inteiro algum dia)